A Serpente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Serpente

Mensagem  Admin em Dom Mar 21, 2010 9:32 am

Eu sou a Serpente. A Serpente das suas alegorias e dos seus sonhos, do seu Ser e dos seus desejos. Temida, assustadora, aterradora e, contudo, desejada.
Eu sou a Serpente que no qual tem medo, que foge, mas sou curadora.
Sou a Serpente que surge nos seus sonhos, que se enrola no seu Ser, que ajuda na purificação.
Sou a Serpente que entra na sua casa para caçar o que os seres que lhe perturbam.
Sou a Serpente que a aterroriza mas sou sua amiga e só desejo o seu bem.
CONHEÇA-ME!
Quando mergulha nas profundezas mais sombrias da vida, ou quando aspira alcançar brilhantes pináculos de sua alma, saiba que é a Serpente que torna isso possível se assim o desejar.
Sou a tentadora, a sedutora dos seus muitos mitos.
Por meio da abertura da mulher, das entranhas do homem, sou capaz de conduzi-lo da luz para a escuridão, do espírito para a matéria. Nunca se deixe iludir: Sua natureza é sempre sósia, pois é um Ser de dois mundos que, por meu intermédio, se transformam numa unidade.
Da ilusão para a realidade; da realidade para a verdade…
Da luz para a escuridão da sua Alma para ajudá-lo a encontrar o farol que orientará seus passos em busca do sol.
Quando encontrar o sol, estará livre; livre para traçar seu caminho pois terá encontrado a verdadeira luz. Luz essa que será sempre sua não necessitando de outros para iluminarem seu caminho.
Sou a Serpente que o conduzirá da luz para a escuridão, do espírito para a matéria. É trabalhando a matéria bruta que a torna subtil, graciosa, bela pois, tudo é matéria, só varia a frequência com que vibra.
É na forma da Serpente Midgard que faço isso. Uma Serpente que engole sua própria cauda e, dessa forma, mantém o mundo coeso ou, por outra, talvez esta seja a forma que tenho para o abraço da vida.
Através do ser humano, que sempre quer atingir algo mais distante e mais elevado, eu me transformo na Serpente do Arco-Íris, por meio do qual permito que atravesse todas as cores do espectro do Ser, até chegar à fonte, à totalidade, à luz branca que brilha acima e da qual, na verdade, você é apenas um aspecto dela mesma.
Eu sou a Serpente que no qual tem medo, que foge, mas sou pacificadora.
Alguns me vêem como uma árvore. Uma árvore onde estão presas suas maiores aspirações. A morte e a vida são apenas duas faces de uma mesma moeda. É preciso nascer para poder morrer e morrer para poder nascer. Morte não é mais que nascimento e nascimento a própria morte. Tudo é um ciclo sem princípio nem fim…
Outros vêem-me como um Totem. Totem que conhece quem de facto você é.
Outros, como um espectro irradiando luz em seu torno, outros ainda, como uma loba amando seus filhos, outros, porém, como grande urso ajudando na libertação de si mesmo.
Eu sou a Serpente que lhe servirá de porta de entrada para outras dimensões.
Apenas faço-o cair da luz para a escuridão e desejo que faça o percurso de volta para a luz, acompanhado e protegido por mim, mas fará o caminho sozinho; Eu rastejo e não permito levar ninguém sobre mim.
Da luz para a escuridão, da escuridão para a luz; do espírito para a matéria, da matéria para o espírito.
Você também é uma criatura do arco-íris. Cada cor existe como filha da luz e da escuridão. Tudo existe dentro de si. Apenas sou a Serpente tão temível e, simultaneamente, tão desejada.
Eu sou a Serpente. A Serpente das suas alegorias e dos seus sonhos, do seu Ser e dos seus desejos.
Apenas sou!

Liberte-se e seja feliz
Muita Paz
Mário Cardeal
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 62
Data de inscrição : 14/02/2010
Idade : 55
Localização : Vila Franca de Xira

Ver perfil do usuário http://nascentedeluz.livre-forum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum